Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]


...

28.01.16

Evoquei na memória todo o meu passado e, sem querer, pus-me a fazer interrogações: Porque vivi? Nasci para atingir algum fim?... Esse fim existia, certamente, e, com certeza, o meu destino no mundo era grande pois sinto na minha alma forças imensas... Não adivinhei, contudo, esse destino e deixei-me arrastar pelos apelos sedutores das paixões vãs e ingratas. Do seu cadinho, saí duro e frio como o ferro, mas perdi para sempre a chama dos nobres impulsos, a melhor flor da minha vida.

Desde então, quantas vezes tenho desempenhado o papel do cutelo nas mãos do destino! Como instrumento de suplício, caí, em geral, sem maldade, sempre sem remorsos, no pescoço das vítimas condenadas... O meu amor não deu a felicidade a ninguém, por nunca ter sacrificado nada por aquelas a quem amei. Amei-as por mim, pelo meu próprio prazer. Satisfazia, simplesmente, a estranha necessidade do meu coração, absorvendo com avidez os seus sentimentos, a sua ternura, as suas alegrias e as suas dores, e nunca podia saciar-me. Assim, um homem que morre de fome adormece esgotado e vê diante de si manjares apetitosos e vinho espumante; devora em êxtase as prendas fantásticas da sua imaginação e sente-se satisfeito; mas, mal desperta, o sonho desfaz-se... e redobram a fome e o desespero.

Morrerei, talvez, amanhã?... Não ficará na terra nenhum ser que me tivesse compreendido perfeitamente. Uns consideram-me pior, outros melhor do que sou na realidade... Os últimos dirão: era um excelente rapaz; os primeiros: era um grande patife. Enganam-se, tanto uns como outros. Depois, valerá a pena viver? Vivemos, apesar de tudo, por curiosidade: estamos sempre à espera de qualquer coisa de novo... Como é ridículo e desagradável!

Mikail Lermontov, Um Herói do Nosso Tempo

Autoria e outros dados (tags, etc)




Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D

Mais sobre mim

foto do autor